segunda-feira, 4 de julho de 2011

Se você...

Se você existe
pense a essência de sua existência,
observe seu corpo,
medite sua mente,
avalie seu coração,
realize a medição
de suas palavras e ações.
Você existe para algo,
este algo só você é quem sabe:
o sentido.


Se você pensa
faça bom uso do pensamento,
coloque os neurônios em funcionamento,
fale,
escreva,
desenhe,
pinte,
descreva seus sentimentos.
Tua mente reforça o aprendizado,
prepara resposta para os problemas,
te ensina a ser puramente racional,
pense o que você está pensando.

Se você ama
olhe sua condição.
No seu interior
há muito amor,
ternura,
carinho,
serenidade?
O que fala o teu coração?
Tens carência de ser amado?
O amor lhe dá o direito de ser você mesmo,
de amar-se no outro,
de encontrar a verdadeira felicidade no próprio coração. 

Se você transforma
transforma-te a ti mesmo,
passando a ser uma nova criatura,
capaz de entender os próprios limites,
de superar as frustrações,
dificuldades,
de ser eternamente aprendiz,
livre,
convicto,
ser de busca. 

  
de José Damião Limeira
Porto Alegre - RS -

Nenhum comentário:

Postar um comentário